11 5588-3262 / 2924-1151 / 5021-3399
Rua Onze de Fevereiro, 256 São Paulo/SP
(11) 9.4084-6551

Calculando o preço de venda dos pratos

Menuart: Excelência em CardápioBlogCalculando o preço de venda dos pratos

Todo empresário sabe que, para o estabelecimento alavancar no mercado, é preciso ter uma excelente estratégia e manter os valores dos produtos com um preço justo, tanto para o cliente quanto para o negócio.

Saber colocar valores em seus trabalhos, serviços e produtos é fundamental para o sucesso da empresa. No caso de restaurantes, os pratos são as principais fontes de renda do estabelecimento, por isso, saber decidir os valores é fundamental para que o balanço financeiro feche de forma positiva no final do mês.

Existem algumas dicas que podem ajudar a deixar o estabelecimento com a certeza dos valores cobrados. Vamos abordar algumas delas neste texto para ajudar a deixar os pratos de seu restaurante com os valores ideais.

Calcule os custos fixos do local

Muitos donos de restaurantes erram neste sentido por acreditar que é necessário calcular apenas os valores dos ingredientes para determinar o valor de um prato. Entretanto, na verdade, é necessário calcular os custos fixos de todo o negócio.

Entre os custos fixos, estão: aluguel do imóvel, salários de funcionários, água, energia, gás e até mesmo os honorários do contador. Pense sempre que esses custos chegam todos os meses e devem ser quitados no dia correto para não haver problemas futuros.

Exatamente por se tratarem de custos fixos, é necessário que eles sejam acrescentados nos valores dos pratos. Caso contrário, não haverá de onde tirar esses valores para quitar as contas.

Para calcular os valores dos custos fixos e acrescentá-los aos produtos, é necessário somá-los e dividir o total pelo volume médio de refeições que são servidas ao mês. Desta forma, é possível obter uma porcentagem e aplicar nos valores dos pratos.

Calcular impostos é fundamental

Todo empresário sabe que, no Brasil, é necessário pagar muitos impostos sobre suas mercadorias e serviços. Por isso, é fundamental acrescentar esses valores nos pratos para que tudo seja pago no final do mês.

Calcular os impostos é um tanto quanto simples: é preciso somar e totalizar o percentual que o restaurante paga de impostos sobre suas vendas e acrescentar em cada prato.

Por exemplo, se o estabelecimento paga 18% de impostos ao mês, é necessário aplicar essa porcentagem ao cálculo de cada prato. Assim, essa dívida será paga no momento de sua venda.

Entenda sobre o markup do cálculo

Essa é uma forma de calcular por meio de um número multiplicador do preço de custo. Esse meio serve para garantir que a margem de lucro seja obtida e ainda possíveis despesas sejam cobertas sem problemas futuros.

Existe uma fórmula para fazer esse cálculo. Vamos utilizar valores hipotéticos para exemplificar:

  • É necessário somar os percentuais de: margem de lucro (24%), impostos (18%), custos fixos (20%) = 62%
  • Depois, é necessário subtrair o resultado de 1 e voltar duas casas decimais na porcentagem. Por exemplo: 1 – 0,62 = 0,38%.
  • Em seguida basta dividir 1 pelo resultado 0,38%. Por exemplo: 1 / 0,38 = 2,63.
  • O markup do cálculo é de 2,63.

Agora, é necessário aplicar este valor aos ingredientes utilizados para o preparo dos pratos. Novamente, vamos utilizar valores hipotéticos para exemplificar:

  • Valor do prato por ingrediente: R$20,00.
  • Para realizar este cálculo, é necessário multiplicar o valor do prato por ingrediente (R$20,00) pelo valor do markup (2,63). Assim, temos o valor de R$52,60.

O valor de R$52,60 é o preço de venda, já considerando despesas fixas, impostos, margem de lucro e também custo da receita.

Calcular os ingredientes utilizados

Entre todos esses valores colocados em conta, é necessário acrescentar também os valores dos ingredientes utilizados para determinada receita. Muitos restaurantes utilizam fichas técnicas de cada alimento. Nelas, há informações necessárias a serem consideradas.

Por exemplo, ao adquirir uma dúzia de ovos por R$4,00 e utilizar dois ovos para a preparação de determinada receita, sabemos que o valor gasto com este ingrediente para ela será de R$0,66.

Para ter uma noção do valor gasto em ingredientes, basta realizar a conta com todos os itens e depois somá-los. Para realizar o markup, é fundamental obter esses valores.

Deixe claro os valores dos pratos aos clientes

Para que o cliente se sinta mais seguro no momento da escolha do pedido, acrescente ao cardápio o valor de cada prato e bebida. Isso é fundamental para a rapidez no atendimento, já que as informações necessárias aos clientes já estarão ali, o que ajuda a deixá-los mais confortáveis.

Para adquirir um cardápio rico em informações e produzido com praticidade e máxima qualidade, entre no site da Menuart e verifique todas as opções com que trabalham, as quais visam oferecer o que há de melhor para o seu negócio.

Chat